domingo, 22 de abril de 2012

MINISTRO BARBOSA NÃO PODE FALAR - CAUSA “CRISE” NA "CASA GRANDE"...


Por Paulo Henrique Amorim, no portal "Conversa Afiada"

“Marco Aurélio (Collor de) Melo dá entrevista toda terça-feira.

Até à “colona” social metida a consultora jurídica ele fala.

O Gilmar [Mendes] dá entrevista toda quinta-feira.

Ministro do STF Joaquim Barbosa
Quando Joaquim Barbosa fala, só aí, então, o PiG [Partido da Imprensa Golpista] instala uma “crise” no Supremo.

É o que fizeram, no sábado, os editorialistas e “colonistas” do PiG.

Porque Barbosa chamou Peluso – o Merval quer votar o mensalão logo, para que o Peluso possa condenar o Dirceu – de caipira tirânico e manipulador de resultado.

Se Barbosa ficasse quieto, de boca calada, quando Peluso disse que ele é inseguro, porque não tem certeza de suas virtudes intelectuais para estar na Suprema Corte, se Barbosa enfiasse a viola no saco, aí não haveria “crise” nenhuma.

Seria tudo muito natural.

O conservador imperial da Província espinafra o liberal, e o liberal inseguro se acovarda.

Do jeito que a "Casa Grande" – na acepção do Mino Carta – gosta.

Cena típica da "Casa Grande e Senzala"
Só que Barbosa foi pra cima.

Defendeu-se e atacou o “jenio” caipira – quem teve a ideia de jerico de indicar o Peluso ao “Nunca Dantes” ?

O Supremo está irremediavelmente misturado ao show business brasileiro, à “sociedade do espetáculo”.

A culpa é do ministro (Collor de ) Mello, que, na presidência do STF, decidiu transformar as sessões num “reality show”.

Sob o pretexto de dar transparência à Justiça – e ele votou contra o CNJ … – deu, sim, curso a suas exibições de pedantismo e prolixidade inútil.

Depois, o Supremo se acovardou diante da Globo e abriu as portas para a vulgarização.

Foi quando o fotógrafo do “O Globo” e da “Globo” violou a intimidade e o sigilo dos ministros Lewandowski e Carmen Lucia, ao divulgar sua troca de e-mails.

A então presidenta do STF, Ellen Gracie, aquela que entrou para a História da Magistratura Tropical ao decidir que Daniel Dantas não é Daniel Dantas, mas Daniel Dantas, essa notável presidenta calou-se e não processou a Globo.

Calou-se diante da Casa Grande – na acepção do Mino Carta.

E o Supremo desvalorizou-se.

Pelas próprias mãos.

O STF anistiou os torturadores do regime militar.

Inventou o “HC Canguru” de 48 horas.

Enrolou-se na "Ficha Limpa".

E agora se deixa imprensar contra a parede pela Globo – que dorme na maior suíte da Casa Grande - que quer votar logo o mensalão.

(O "Conversa Afiada" concorda com o Vander e acha que se poderia votar logo o mensalão. Mas, antes, prefere que o Supremo legitime de uma vez por todas a Satiagraha. E, no caso do mensalão, o C Af quer ver o Supremo condenar o Dirceu – com ou sem o Peluso.)

O PiG é um fabricante de “crise”.

Faz parte da ideologia Golpista anunciar o Fim do Mundo toda semana, para desmontar as instituições que legitimam a vontade popular.

É o caos semanal.

É diante do caos, só sobrevivem os banqueiros e os neolibelês que a Urubóloga entrevista – só eles, os Sábios, sabem o Caminho da Salvação para a Grécia, Portugal e o Brasil.

Se o Ministro Barbosa tivesse ficado quieto, diante das tirânicas provocações caipiras, estaria tudo bem.

Até segunda-feira.

Porque na segunda-feira [amanhã] o "Jornal Nacional" tentará, de novo, abrir as portas do Supremo com a gazua do mensalão.

Que, como diz o Mino, ainda está por provar-se.

A Veja, a Globo e o Crime Organizado têm que condenar o Dirceu antes de a CPI – que terá um relator petista – expor suas vísceras pretas.

Antes de a Satiagraha botar na cadeia quem de lá não deveria ter saído.


À esquerda, as escadas da Casa Grande

E tudo isso correria com mais fluidez se o Barbosa não ousasse subir as escadas da Casa Grande – na acepção do Mino.”

FONTE: escrito pelo jornalista Paulo Henrique Amorim em seu portal “Conversa Afiada”  (http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2012/04/21/barbosa-nao-pode-falar-e-a-crise-na-casa-grande/).
[Imagens do google e trechos entre colchetes adicionados por este blog 'democracia&política'].

2 comentários:

Probus disse...

Maria Tereza, olhe, a CPI da PRIVATARIA é FUNDAMENTÁVEL, a CPI do Cachoeira e ademais só vem a atrapalhar a RAPINAGEM dos TUCANOS.

23/02/2011: Wikileaks revela gravíssima sabotagem dos EUA contra Brasil com aval de FHC

Telegramas revelam intenções de veto e ações dos EUA contra o desenvolvimento tecnológico brasileiro com interesses de diversos agentes que ocupam ou ocuparam o poder em ambos os países

http://www.pragmatismopolitico.com.br/2011/02/wikileaks-revela-sabotagem-contra.html

O que houve, realmente, às 13:30 do dia 22 de agosto de 2003, na Base Espacial de Alcântara???

A P-36 afundou em RONCADOR, porque EIKE BATISTA adquiriu o campo em vez da PETROBRAS??? De que lado joga a ANP??? Quem é, realmente, HAROLDO LIMA???

Foi mesmo um "acidente" quem matou JOÃO VERDI????

Política disse...

Probus,
Eu também tenho a convicção que houve vergonhoso e subserviente conluio do governo FHC/PSDB/DEM com os EUA para desmantelar unilateralmente, sem reciprocidades e compensações, nossos programas nuclear e espacial. Muitos fatos assim evidenciam. O orçamento para o programa espacial no tocante a lançadores de satélites e centros de lançamento foi gradativa e matematicamente reduzido nos anos 90 de modo a chegar a zero e à morte em 1999. Já expus aqui no blog, em várias postagens, esses dados e muitos outros, inclusive indícios de sabotagens, que me dão a certeza dessa traição ao Brasil.
Quanto ao projeto Cyclone-4 com a Ucrânia, provavelmente pela pressão dos EUA, ele somente saiu com humilhantes condições para os brasileiros. Ver nossa postagem de 28/09/2011: http://democraciapolitica.blogspot.com.br/2011/09/projeto-espacial-acs-cyclone-o.html
Maria Tereza