quinta-feira, 29 de julho de 2010

SERRA EVIDENCIA NÃO SABER NEM O QUE PRETENDE


Isso ficou transparente até mesmo no blog do serrista Josias de Souza, integrante do grupo “Folha”, fortemente engajado há oito anos na campanha pela volta da direita ao poder por meio da eleição de José Serra. Apesar da maquiagem tucana, o seguinte texto evidencia o vazio de propostas de Serra. Foi postado esta noite (29/07) no referido blog:

SERRA COGITA NÃO DIVULGAR SEU ‘PROGRAMA DE GOVERNO’ [Porque ele não existe...]

“A pretexto de recolher dos internautas sugestões para um programa de governo de José Serra, o comitê tucano mantém na web a página “Proposta Serra”.

Sob o título, um enunciado com cara novidade: “Um programa de governo colaborativo”.

Pois bem. A colaboração dos que se animaram a participar da iniciativa pode resultar em decepção.

O Quartel General da campanha de Serra cogita agora nem divulgar uma proposta para a eventual gestão do candidato.

Quem admite é Francisco Graziano Neto, o tucano que se ocupa da filtragem das sugestões.

"Eu gostaria de apresentar 100 propostas para mudar o Brasil, mas não sei se isso vai ser feito, nem sei se vai ser divulgado", disse Graziano.

Afora as idéias que lhe chegam pela internet, Graziano percorre o país para ouvir as proposições dos políticos pró-Serra.

Curiosamente, ele reconheceu que o tucanato pode não trazer à luz o programa num dos estágios de sua peregrinação.

Falou em Pernambuco, para onde se deslocara a pretexto de recolher as sugestões do comitê de Jarbas Vasconcelos (PMDB), candidato ao governo do Estado.

Mas por que o programa de Serra pode não vir a público? Graziano saiu-se com uma justificativa prosaica: “A turma da Dilma copia”.

Graziano chegou mesmo a citar um exemplo. Disse que Serra dera publicidade à proposta de reduzir os tributos cobrados de empresas de saneamento.

A redução, hoje de 3%, passaria a ser de 7,6%. Depois, disse o colaborador de Serra, Dilma Rousseff anunciou a mesma meta.

Dias atrás, Graziano incomodara-se com uma notícia veiculada aqui no blog. Dizia que, a exemplo do PT, o tucanato também redigia uma nova versão de programa.

Em contato com o repórter, Graziano dissera que não se tratava de versão nova. Era um “detalhamento” das diretrizes que Serra protocolara no TSE.

Em verdade, o “programa” levado por Serra ao tribunal eleitoral resume-se a um par de discursos pronunciados por ele em atos de campanha.

Graziano dissera que o programa, depois de detalhado, seria exposto na internet em pedaços, um setor após o outro. E nada.

Agora, a platéia é informada de que a peça que esmiuçaria as intenções de Serra pode permanecer na gaveta.”

FONTE: publicado esta noite (29/07) no blog de Josias de Souza na Folha.com [título, imagem, entre colchetes e 1º parágrafo colocados por este blog. A imagem foi obtida na internet, indicada no Google como de artedogil.wordpress.com].

Um comentário:

Anônimo disse...

人不能像動物一樣活著,而應該追求知識和美德............................................................