quarta-feira, 30 de maio de 2012

GOVERNO INVESTE PARA CONSOLIDAR O BRASIL COMO UM DOS PRINCIPAIS DESTINOS TURÍSTICOS, diz Dilma


“A presidenta Dilma Rousseff afirmou ontem (29) que o governo tem investido na divulgação do Brasil no exterior assim como na infraestrutura e na capacitação dos profissionais do turismo para consolidar o Brasil como um dos principais destinos turísticos do mundo.

Na coluna “Conversa com a Presidenta”, Dilma respondeu ao comerciante Ramon Santos, morador de Macaé (RJ), sobre os investimentos do governo brasileiro para atrair turistas estrangeiros.

Em 2011, investimos R$ 180 milhões em ações de divulgação do Brasil no exterior e R$ 26 milhões para estimular o turismo interno. Os resultados mostram que estamos no caminho certo, pois no ano passado tivemos recordes em todos os indicadores, com 79 milhões de desembarques domésticos, 9 milhões de desembarques internacionais e US$ 6,55 bilhões gastos por turistas estrangeiros”, expôs a presidenta.

BANCO DE LEITE HUMANO

Na coluna, Dilma falou ainda sobre o banco de leite humano mantido pelo governo brasileiro. À dona de casa Ana Maria Pereira, de Belém (PA), a presidenta explicou o funcionamento da “Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano” (Rede BLH-SUS), da Fundação Oswaldo Cruz, vinculada ao Ministério da Saúde. Com 208 “Bancos de Leite Humano” e 109 “Postos de Coleta” em funcionamento, a rede brasileira é a maior do mundo. A presidenta esclareceu que é possível acessar a relação de bancos e postos de coleta na página  http://www.redeblh.fiocruz.br/.

De 2007 a 2011, a Rede distribuiu 616,5 mil litros de leite humano pasteurizado de 744,2 mil doadoras. Nesse período, foram atendidos 793,2 mil bebês, o que é importantíssimo porque o leite materno é o mais completo para a criança até o sexto mês de vida e possui imunizantes naturais contra várias doenças. Nossa experiência já foi exportada para toda a América Latina, África e até para países europeus, como Portugal e Espanha”.

DUPLICAÇÃO DA BR-101

A presidenta também respondeu questionamento de Suzana Schlickmann, designer em São Ludgero (SC), sobre o prazo para ser concluída a duplicação da BR-101, no sul de Santa Catarina. Segundo Dilma, 222 km dos 238 km totais da obra já estão concluídos. A presidenta esclareceu que esteve no estado, na semana passada, anunciando duas obras necessárias para a finalização da duplicação da BR 101, que são: a nova ponte sobre a Lagoa do Imaruí e a construção do túnel sob o Morro dos Cavalos.

Todas as obras viárias que estamos realizando em Santa Catarina somam mais de R$ 3 bilhões e vão dar mais fluidez ao fluxo de pessoas e mercadorias pelo sul do país e para o Mercosul”.

FONTE: blog do Planalto  (http://blog.planalto.gov.br/governo-investe-para-consolidar-o-brasil-como-um-dos-principais-destinos-turisticos-do-mundo-diz-dilma/#more-47542)

2 comentários:

iurikorolev disse...

MT
Turismo para mim não leva a grande coisa. Conheço os locais do Brasil que vivem só de turismo e a pobreza nunca sai de lá.
Prefiro industrias de manufatura e serviços, que geram empregos bem remunerados.Turismo no Brasil só dá salário de fome.
O que a Dilma precisa desenvolver (se quiser se reeleger) é a infraestrutura de estradas do Brasil que continua péssima.

Política disse...

Iurikorolev,
Concordo que o turismo interno e de estrangeiros no Brasil não deve ser a única solução. A Grécia é exemplo do mal de viver somennte dele. Porém, incentivá-lo é importante para o crescimento da economia e do emprego. A agropecuária também é concentradora de riqueza. Poucos são muito ricos e a maioria da sua mão de obra vive na pobreza e subemprego. Nem por isso ela deixa de ser importante para a economia. Incentivar o turismo não deve significar abandonar outros setores essenciais como aqueles que você citou. É lógico que a indústria manufatureira e de serviços, a infraestrutura de estradas, aeroportos, energia, portos, comunicação etc são importantíssimas.
Maria Tereza