sexta-feira, 18 de março de 2016

DILMA REJEITA O GOLPISMO: "NÃO NOS PORÃO DE JOELHOS!"




Veja como Dilma rejeita o golpismo: não nos porão de joelhos

POR FERNANDO BRITO


"Como prometi, a segunda parte da fala de Dilma Rousseff ontem, na qual ela exibe o termo de posse de Lula enviado a ele quarta-feira, mostrando que nunca houve o que está sendo alegado, após a vilania de Sérgio Moro de divulgar o grampo feito sobre ela e Lula, ou seja, uma suposta obstrução da justiça.

“Mudaram os tempos dos verbos. Mudaram [a expressão] ‘a gente’ para ‘eles’. Ocultaram – e eu estou guardando a assinatura desse termo de posse como uma prova – que o que fomos buscar no aeroporto era essa assinatura do presidente Lula, mas não tem a minha assinatura. E, portanto, isto não é posse. (…) Porque o presidente Lula, por ter algum problema pessoal para voltar a Brasília hoje, uma vez que a dona Marisa não está bem, não viria. (…)

Convulsionar a sociedade brasileira em cima de inverdades, de métodos escusos de práticas criticadas, viola princípios e garantias constitucionais, viola os direitos dos cidadãos e abre precedentes gravíssimos. Os golpes começam assim”.

A fala, que considero a melhor já feita por ela neste mandato, é dura e precisa, claro, ser seguida de atos que lhe dêem consequências.




FONTE: postado por Fernando Brito em seu blog "Tijolaço"  (http://tijolaco.com.br/blog/veja-como-dilma-rejeito-o-golpismo-nao-nos-porao-de-joelhos/).

Nenhum comentário: