sexta-feira, 21 de agosto de 2015

O "CRIME" DE BILL GATES E DA GLOBO POR CONTRATAREM PALESTRAS DE LULA




Lula revela quem o contratou. Vai nessa, FHC?

“A violação de sigilo bancário do ex-presidente foi um ato criminoso”

De "ParaTucanada", no twitter

A partir do "Instituto Lula":

"AS PALESTRAS DE LULA: A VIOLAÇÃO DE SIGILO BANCÁRIO DO EX-PRESIDENTE FOI UM ATO CRIMINOSO


São Paulo, 18 de agosto de 2015,

Em sinal de respeito à sociedade brasileira, que merece receber informações corretas e verdadeiras, divulgamos a relação das empresas e instituições que, desde 2011, contrataram palestras do ex-presidente Lula no Brasil e no exterior por meio da empresa "LILS Palestras e Eventos Ltda".

Trata-se de uma atividade legítima, que Lula exerce legalmente desde que deixou a Presidência da República, a exemplo de outros ex-presidentes do Brasil e de outros países, e personalidades de destaque como esportistas, artistas, jornalistas, cientistas.

De 2011 até hoje, Lula fez 70 palestras contratadas por 41 empresas e instituições, sendo remunerado de acordo com sua projeção internacional e recolhendo os devidos impostos.

No mesmo período, o ex-presidente participou, gratuitamente, de mais de 200 conferências, palestras e encontros promovidos por sindicatos, movimentos sociais, partidos, governos e instituições multilaterais, no Brasil e no exterior, sempre em defesa dos interesses nacionais, da paz mundial, estimulando o combate à fome e à pobreza.

Mesmo se tratando de contratos que preservam a privacidade das partes, julgamos necessária sua divulgação neste momento, para esclarecer distorções, manipulações e prejulgamentos em torno dessa atividade e das empresas contratantes, como vem ocorrendo por meio de reportagens, artigos e até editoriais na imprensa.

As palestras de Lula foram contratadas por algumas das maiores e mais respeitadas empresas de vários setores econômicos, do Brasil e do mundo. Por exemplo: Microsoft, Itaú, Infoglobo, Santander, Ambev, Telefónica, Iberdrola e Telmex.

O ex-presidente Lula e a empresa LILS solicitaram ao Ministério da Justiça, ao Ministério da Fazenda e à Procuradoria-Geral da República que apurem, na competência de cada instituição, as responsabilidades pela violação criminosa do sigilo bancário da LILS, violação que atinge não só um ex-presidente da República mas toda a sociedade brasileira.

Dessa forma, o ex-presidente Lula e o Instituto Lula estão certos de contribuir para o esclarecimento da verdade, a defesa do estado de direito democrático e a garantia dos direitos constitucionais de todos os cidadãos brasileiros.

LISTA DAS EMPRESAS QUE CONTRATARAM PALESTRAS DE LULA ENTRE 2011 E 2015:

. ABAD – Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industriais
. Associação de Bancos do México
. Abras – Associação Brasileira de Supermercados
. ALL América Latina Logística
. Ambev
. Andrade Gutierrez
. Banco Santander
. Bank of America
. BBVA Bancomer
. BTG Pactual
. Camargo Corrêa
. Centro de Estudos Estratégicos de Angola
. CFELG – Centro de Formacion y Estudios en Liderazgo y Gestion (Colômbia)
. Cumbre de Negócios (México)
. Dufry do Brasil
. Elektra
. Endesa
. Gás Natural Fenosa
. Grupo Petrópolis
. Helibrás
. Iberdrola
. IDEA (Argentina)
. INFOGLOBO
. Itaú BBA
. LG
.Lojas Americanas
. Microsoft
.Nestlé
. OAS
. GDF Suez Energy Latin America
. Odebrecht
. Pirelli
. Queiroz Galvão
. Quip
. Revista Voto
. Sinaval
. Telmex
. Telos Empreendimentos Culturais
. Terra Networks
. Tetra Pak
. UTC"


FONTE: do portal "Conversa Afiada"   (http://www.conversaafiada.com.br/politica/2015/08/18/lula-revela-quem-o-contratou-vai-nessa-fhc/). [Título acrescentado por este blog 'democracia&política'].

COMPLEMENTAÇÃO

Dr. Moro vai prender o Bill Gates?

Por Fernando Brito, no blog Tijolaço:

"Lula não tinha a obrigação de mostrar quem o contratou para palestras, desde que deixou a Presidência.

Mas mostrou.

41 empresas e instituições pagaram para que Lula falasse, em 70 palestras, para seus empregados, clientes e empresários – os seus e os de suas relações.

Não consta que qualquer delas tenha ido ao Procon, decepcionada com a qualidade e a atratividade desses eventos.

Nem mesmo a Globo, que contratou uma delas através de sua Infoglobo, como destacou outro dia aqui este Tijolaço.

A lista divulgada pelo Instituto Lula é demolidora.

Cobrou – e fez muito bem – os olhos da cara para quem não apenas queria aprender com suas experiências, mas tirar proveito dos tatus de promover eventos na esteira de sua popularidade.

E fez três vezes mais debates – de graça – para quem não podia pagar, mas é o principal beneficiário de suas ações: movimentos sociais, ONGs, sindicatos e ainda para Governos, universidades e organismos multilateriais.

Será que o Dr. Sérgio Moro agora vai mandar a Polícia Federal prender o Bill Gates, um dos que deram dinheiro – e muito – para contratar Lula como palestrante?

Ou, quem sabe, vai colocar os três irmãos Marinho numa cela até eles confessarem que financiaram o projeto petista-bolivariano?

Se não foram eles, quem sabe Jorge Paulo Lemann, da Ambev e das Lojas Americanas, o brasileiro (e suíço) mais rico, segundo a revista Forbes. Ou Carlos Slim, da Telmex? Talvez Roberto Setúbal, do Itaú?

Dr. Moro, por via das dúvidas, meta todos eles em cana, que garanto que algum deles confessará o que o senhor quiser.

E assim o Brasil estará livre do comunismo, as famílias estarão protegidas e o Fernando Henrique, afinal, possa cobrar um pouco mais pelas suas palestras, que não ficavam no chinelo das de Lula em matéria de valor de mercado.

Aliás, as más línguas diziam que as palestras dele, assim com as do Felipão, só eram contratadas para que todos aprendessem como as coisas não deveriam ser feitas…"

FONTE da complementação: escrito por Fernando Brito, no seu blog Tijolaço. Transcrito no "Blog do Miro" (http://altamiroborges.blogspot.com.br/2015/08/dr-moro-vai-prender-o-bill-gates.html).

Um comentário:

Luis Correa disse...

Não há uma só referência na internet a nenhuma dessas palestras. Alguém conhece alguém que assistiu uma palestra? Tentem acessar Cumbre de negócios Mexico, Centro de Estudos Estratégicos De Angola Não tem nem site.