segunda-feira, 7 de março de 2016

O VERDADEIRO PORQUÊ DA PERSEGUIÇÃO A LULA E DILMA





O PORQUÊ DA PERSEGUIÇÃO A LULA E DILMA

Do blog 'democracia&política':

Assistimos, todos os dias, inúmeros pretextos usados pela mídia para criar escândalos. Todos visam a desestabilizar, enfraquecer o governo Dilma e facilitar a volta da direita (i.é., do grande capital financeiro internacional) ao pleno poder no Brasil. Se possível, já. 

Como Lula poderá ser importante competidor em 2018, ele também é alvo a ser urgentemente destruído. 

Setores do Judiciário, PF, MP e toda a oposição estão em coordenação com a mídia nessa empreitada.

Os pretextos são os mais enganadores, falsos e chocantemente imbecis, mas servem perfeitamente para preparar o povo para o golpe: "pedalada", médicos cubanos, aumento de salário mínimo, aumento da passagem de ônibus, cotas para negros, Bolsa Família, CPMF, dinheiro de empreiteiras para campanhas do PT, cartel na Petrobras, canoa de lata, frequência exagerada de Lula em sítio de amigo, possibilidade de Lula ter triplex de 200 metros quadrados, se Lula deu mesmo palestras, por que os dois pedalinhos do sítio têm os nomes de netos de Lula e milhares de outros escândalos do mesmo nível. O que importa para a mídia é transmitir em longas reportagens a sensação de que Lula e Dilma são corruptos, ladrões, maus caracteres e que por isso é justo afastá-los de qualquer jeito. 

Esse cenário nem de longe permite aos desavisados vislumbrar o verdadeiro objetivo-macro: o petróleo.

Não é fantasia ou delírio. Não é "teoria da conspiração". É o mundo real. Lá na origem, imperceptível para o cidadão comum, por trás de tudo que vem acontecendo no Brasil, está o objetivo: a apropriação da Petrobras e do Pré-Sal pelos EUA.

Não é surpreendente, nem novidade. Os EUA e seus aliados sempre agiram assim. E pelo petróleo continuam desestabilizando governos não-obedientes, guerreando e matando aos milhares mundo afora, colocando no poder governos antinacionais entreguistas submissos (comprados).

Getúlio foi vitimado por ter criado a Petrobras. Agora, Lula e Dilma são dois importantes obstáculos que devem ser eliminados a qualquer custo e sob qualquer pretexto, especialmente por conta da criação do modelo de partilha que garante privilégios para a Petrobras e a exigência de participação significativa da indústria nacional.
Apesar de ser processo onde o mandante estadunidense (e o dinheiro) está muito bem oculto, às vezes exageram com disfarces incoerentes e ele fica indesejavelmente evidente.

Por exemplo: além de ter sido uma promessa sigilosa à Chevron (dos EUA) feita pelo então candidato José Serra, revelada ao mundo pelo site Wikileaks, não há qualquer motivo (econômico, financeiro, político ou técnológico) que justifique a recente insistência e a urgência do PSDB em apresentar e aprovar projetos de lei abrindo o pré-sal para petroleiras estrangeiras. Com o Congresso boicotado pela oposição, paralisado sem poder votar medidas muito mais importantes e urgentes para minorar o desequilíbrio fiscal e para a retomada do crescimento da economia, não tem qualquer sentido priorizar essa lei entreguista do petróleo, que foi há poucos dias votada e aprovada em regime de urgência urgentíssima e praticamente em segredo para a população. 

Suspeito que muitos milhões de dólares lubrificaram o caminho dessa nova lei no Senado. Como ela terá que também ser votada na Câmara, e como o PSDB já avisou que vai bloquear todas as votações enquanto não houver o impeachment da Dilma, com certeza assistiremos no Jornal Nacional  a tragicomédia de líderes do PSDB informando com ar grave de grandes estadistas que, para o bem do Brasil, abrirão exceção e permitirão a votação e aprovação da entrega do pré-sal a petroleiras estrangeiras. 

E assim sempre, na história do Brasil nas últimas décadas, a nossa mídia, a nossa elite direitista e os ingênuos foram cooptados em prol dos interesses norte-americanos, aliciados por dinheiro, por ideologia ou simplesmente cativados pela muito bem feita sub-reptícia propaganda. 

Nos últimos meses. acirrou essa guerra no Brasil a frustração por novamente não conseguirem retomar o poder pelas urnas em 2014 e assim permitir o alcance desses objetivos do grande império mundial. 

Infelizmente, enquanto a entrega não se consumar, ainda ocorrerão acontecimentos trágicos. O sequestro de Lula pela Lava-Jato na sexta-feira é um pequeno indício. Mas não há fórmula mágica para vencê-los. A solução é compreender o verdadeiro jogo e resistir a cada dia, a cada passo. 

Lula continuará perseguido até à sua destruição. Além do já mencionado modelo da partilha, ele é perigoso porque, por algum milagre da natureza em Garanhuns e Caetés, e por ter santo muito forte, ele percebe esse jogo, tanto os ridículos escândalos fabricados no dia-a-dia, como também percebe o grande jogo mundial dos interesses das grandes potências.

Por isso, estamos com Dilma e Lula.

FONTE: este blog 'democracia&política'.

4 comentários:

Unknown disse...

E aí vai ficar por isso mesmo não existe solução vai ter que aceitar isso estamos muito quietos passivo a tudo isso.Mundando de assunto meu Deus acabaram de aprovar a 241 vai ser um inferno pros mais pobres. Que Deus tenha compaixão de nós.

Unknown disse...

E aí vai ficar por isso mesmo não existe solução vai ter que aceitar isso estamos muito quietos passivo a tudo isso.Mundando de assunto meu Deus acabaram de aprovar a 241 vai ser um inferno pros mais pobres. Que Deus tenha compaixão de nós.

Unknown disse...

E aí vai ficar por isso mesmo não existe solução vai ter que aceitar isso estamos muito quietos passivo a tudo isso.Mundando de assunto meu Deus acabaram de aprovar a 241 vai ser um inferno pros mais pobres. Que Deus tenha compaixão de nós.

Edmilson Montenegro disse...

E aí vai ficar por isso mesmo não existe solução vai ter que aceitar isso estamos muito quietos passivo a tudo isso.Mundando de assunto meu Deus acabaram de aprovar a 241 vai ser um inferno pros mais pobres. Que Deus tenha compaixão de nós.