quinta-feira, 23 de abril de 2015

Banco Mundial: "BRASIL PRATICAMENTE ERRADICOU A POBREZA"





Banco Mundial: Brasil praticamente erradicou a pobreza


"Novo relatório do Banco Mundial (BIRD) aponta que o Brasil praticamente conseguiu erradicar a pobreza extrema no país. O desempenho nacional conseguiu, ainda, melhorar o resultado de toda a América Latina e Caribe.

Programas de transferência de renda como o "Bolsa Família" contribuíram para a redução da extrema pobreza.

Segundo relatório, entre os anos de 2001 e 2013, o percentual da população vivendo em extrema pobreza caiu de 10% para 4%.

Outra constatação do relatório é a melhoria da renda dos brasileiro, resultado da política de valorização do salário mínimo. A evolução do salário mínimo é destacada pelo estudo, que fortaleceu o poder de compra dos brasileiros.

O estudo afirma ainda que, de 1990 a 2009, cerca de 60% dos brasileiros passaram a um nível de renda maior. Ao todo, 25 milhões de pessoas saíram da pobreza extrema ou moderada.

Até o ano de 1999, os índices de extrema pobreza no Brasil e do resto da região eram semelhantes: em torno de 26%. Em 2012, aconteceu uma redução maior no percentual do Brasil, atingindo 9,6%, ante 12% da região.

Em relação à mobilidade social, o Brasil está em terceiro lugar. Ficando atrás, apenas, de Chile e Costa Rica. A melhora no desempenho do País se deve ao crescimento econômico do Brasil a partir de 2001, às políticas públicas como o "Bolsa Família" e o "Brasil sem Miséria" e ao aumento das taxas de emprego."

FONTE: do Portal "Vermelho", com informações de agências  (http://www.vermelho.org.br/noticia/262668-1).

5 comentários:

iurikorolev disse...

Eu não sabia que havia humoristas no Banco Mundial rs.

Tereza Braga disse...

Ao Iurikorolev,
Para muitos humoristas, o Banco Mundial somente fala sério quando elogia governo tucano, o que é raro.
Maria Tereza

iurikorolev disse...

BRASIL PRATICAMENTE ERRADICOU A POBREZA?
fala sério MT !

iurikorolev disse...

Vc é quem está partidarizando a coisa.
Não estou falando de partidos.
Só digo que o titulo é absurdo.
A pobreza no Brasil ainda é onipresente.
Não é com algumas medidazinhas paliativas e populismo que se muda um país.

Tereza Braga disse...

Ao Iurikorolev,
Os parâmetros utilizados pelo Banco Mundial para classificar pobreza, pobreza extrema etc são uniformes para todos os países do mundo. É lógico que se trata de maioria, de média, não de valores absolutos. Sempre haverá pobreza mesmo nos países considerados com a tendo erradicado. Há pobreza e você a nota em Nova York, Paris, Berlim etc. Não se pode acusar que foram medidinhas populistas deles que fizeram o Banco Mundial considerar que lá não há extrema pobreza. Enfim, é questão de padrão escolhido pelo Banco Mundial para medição.
Maria Tereza